segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Trocaram-me as voltas

Um dos dons que uma mãe adquire é a capacidade de fazer tudo e mais alguma coisa com uma só mão!
Não é fácil, e é mesmo incrível aquilo que passamos a conseguir fazer apenas com uma mão sendo que a outra segura o rebento. Essa é a mágica da coisa. É que a outra mão, é capaz de segurar o rebento com uma destreza inigualável.
Mesmo tendo em conta que estamos a falar de bum bebé pequeno que não segura a cabeça ou costas sozinho, nós conseguimos segurá-lo só com um braço e fazer tudo o resto com o outro.
Acontece que trocaram-me as voltas. Isto não é coisa que aconteça de um dia para o outro, é gradual... Vem do hábito e da pratica, e como quase todos nós, as mães têm maior destreza dum lado que no outro...
O Vasco tem aquilo a que a pediatra chama de "posição cefálica preferencial à direita"!
Ou seja, o rapaz ainda que com um toquinho alentejano, não olha para a esquerda... Quer dizer, olha! Mas olha mais vezes para a direita. Não tem nada de errado, é apenas um hábito adquirido já da barriga da mãe, mas que deve ser corrigido e contrariado!
Como tal, a "cura" passa por fazer tudo ao contrário... Virar o berço ao contrário, dar o leitinho do lado contrário e pegar no lado contrário para que o "obriguemos" a olhar mais para a esquerda, e assim ele perder esta preferência pela direita!
Ora pegar na cria só com um braço e fazer tudo o resto com o outro, agora com o braço contrário, provou ser um novo desafio... É aprender tudo outra vez! Trocaram-me as voltas e agora sinto-me mãe de um recém nascido e não de um crescido de 2 meses e meio!
É aprender novamente, com esta brincadeira a cria ainda faz da sua mãe ambidextra!

(www.123rf.com)

Sem comentários:

Enviar um comentário