sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Não se deixem enganar pela doçura...

Eu fui completamente enganada!
O meu filho, enganou-me à grande logo nos primeiros dias! O Vasco nasceu mesmo ao final do dia. Fomos para o internamento já depois da meia-noite e o Vasco acordou para comer por volta das 4H da manhã, depois disso acordou novamente já depois das 7H.
Se tivesse conseguido dormir, teria acordado apenas 1 vez nessa noite, mas nessa noite não dormi nada porque fiquei encantada a olhar para ele.
Na maternidade era mais ou menos isto... Acordava, eu mudava a fralda, dava leitinho e num instante estava novamente a dormir... Nos primeiros dias em casa igualmente...
Lembro-me de num dia da primeira semana dizer à minha mãe ao telefone: "Mas os bebés só comem e dormem?" Era essa a sensação... Aliás, tanto ou tão pouco que eu até me sentia culpada... Achava que não falava o suficiente com ele, não dava colinho e mimos suficientes, porque ele adormecia num instante e cá em casa dorme-se na cama. Nos primeiros dias pensei: "Como é que dizem que com um bebé não tens tempo para nada? Eu tenho tempo para tudo..."
Quando me perguntava dizia orgulhosamente: "Ele é muito calminho"
Que doce este meu filho!
Pois é... O que acontece é que nos primeiros dias eles são todos (ou quase todos) assim. Eles vêm meio abananados, e meio a pensar que ainda estão na barriga da mãe, onde não havia mais nada de interessante para fazer ou ver... Mas quando eles começam a viver mais no nosso mundo, a coisa muda.
Depressa a minha culpa da falta de interação com ele passou. Em duas semanas falávamos durante horas, passeamos na rua e pela casa, fui comprar brinquedos para ele ver (tipo tapete de atividades com brinquedos pendurados para ele olhar..) e tudo o que pudesse para o entreter... Sim, a coisa do come e dorme passou.
Passou de tal maneira que comecei a ter a preocupação contrária... "O meu filho dorme pouco."
Calma, não dorme assim tão pouco, e esta é a parte que vou meter raiva a muitas mães: O Vasco dorme a noite toda! Quando nasceu dormia 4H, com duas semanas começou a dormir 6H seguidas à noite porque eu o acordava, com 1 mês deixei de o acordar e desde então que dorme a noite toda. Acorda entre as 7H e as 8H da manhã mas durante a noite não acorda.
Mas durante o dia dormia pouco. Sestas de 30 minutos, e muitas horas seguidas acordado. Tantas que acabava por depois ficar com birra de sono.
Sim, falo no passado, porque ando a investir e a trabalhar no sentido de mudar isso, depois conto tudinho.
Aqui a lição é mesmo outra: Não se deixem enganar pela doçura deles nos primeiros dias... Podem continuar a ser muito calminhos, ou podem mudar completamente... Os primeiros dias não contam... O lado bom é que continuam a ser uns doces... Ou melhor, são mais doces a cada dia que passa.

(omundodumapascuela.blogspot.PT)

Sem comentários:

Enviar um comentário