quarta-feira, 2 de maio de 2018

Se eu morrer amanhã…


Querido filho,

O tempo é curto. Muito curto. Curto e incerto…

Nunca saberemos se vamos estar por cá amanhã. Se há um amanhã sequer!
E é por isso que há coisas que me quero certificar…

Se eu morrer amanhã, quero que saibas que te amo! Amo-te mais do que poderia tentar explicar. Amo-te e quero que o saibas com todas as certezas, não porque to digo, mas porque o sentes.

Se eu morrer amanhã, quero que saibas que faço tudo por ti. Daria a minha vida sem pensar pela tua felicidade. Porque tu és tudo o que sou.
Se eu morrer amanhã quero que sejas feliz. Comigo ou até mesmo sem mim, tu seres feliz é o propósito da minha vida.

Se eu morrer amanhã, quero que continues o menino doce que és. Não te revoltes, não mudes nada! És tão perfeito que se eu morrer amanhã, parte de mim morre feliz!

Se eu morrer amanhã, quero que te lembres de mim. Não com dor, nem com mágoa. Mas com um sorriso no rosto de todos os bons momentos que passamos juntos.

Se eu morrer amanhã, quero que saibas que dei o meu melhor. Que nunca desisti, nem mesmo quando o cansaço falou mais alto. Que nunca desistiria de te dar sempre o melhor de mim. Quero que o saibas e que o sintas.

Se eu morrer amanhã, quero ter a certeza que aproveitei todos os segundos que pude. Dei colo, mimos, brincadeiras. Dei-te o meu tempo até ao último segundo. Dei-te o que sou.

Se eu morrer amanhã, não quero morrer com culpa ou arrependimentos. Quero morrer em paz e consciente que sou uma mãe perfeita, dum filho perfeito! 

Porque somos perfeitos um para o outro! E seremos assim sempre.

Se eu morrer amanhã quero ter a certeza que és um menino completo, tanto como me completas a mim. E que eu preenchi cada espaço que havia por completar.

Se eu morrer amanhã, quero que seja feliz, comigo ou sem mim, quero dar-te tudo a cada segundo, para ter a certeza que parte de mim morre também feliz!



Sigam também no Instagram: https://www.instagram.com/seilaeusermae/

Sem comentários:

Enviar um comentário