quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Educação precisa-se!

Vou-vos contar uma história que soube ontem e achei maravilhosa!

A minha sogra mora em frente a uma escola.
Ao lado da minha sogra vive um Senhor, já com idade para ser tratado por Senhor, que ao desempenhar o seu  trabalho, perdeu uma perna. H
á já bastantes anos atrás...

Este Senhor, tem uma perna falsa, mas a idade já não lhe permite a destreza de a colocar diariamente. 

Ontem, nas grades da escola, um grupo de miúdos pequenos, achou piada chamar nomes ao Senhor, enquanto passava.
"Coxo", "Velho", "Deficiente" e pior foram as opções escolhidas. 


São miúdos!
Nenhuma criança é tão bem educada que não faça uma parvoíce de vez em quando. Todos nós fizemos...
Uns roubaram gomas, outros gozaram com alguém na rua... Quem nunca tocou às campainhas e fugiu?!

Não acho que seja por mal... Acho que é a falta de consciência própria da idade. 

São coisas que não se faz, mas todos fizemos uma ou outra coisa que não devíamos. 

Ora no final da tarde, quando a minha sogra estava a chegar, viu uma senhora com um gaiato pequeno a rondar a casa (do Senhor e a dela).

Esta mãe, soube do comportamento do filho e recusou-se a aceitar!

Esta mãe disse explicitamente: "Eu hoje não saio daqui enquanto ele não pedir desculpa ao Senhor."

O Senhor, que entretanto apareceu, aceitou prontamente as desculpas. Disse que nem tinha dado importância porque afinal "são crianças".

As crianças de hoje são os adultos de amanhã. 


Esta mãe não precisa de "Super Nanny's"... 

O pequeno, ainda que continue a achar que o miúdo não fez por mal (naquela idade há ainda alguma dificuldade em perceber o mal, e as suas consequências), aprendeu ontem uma valiosa lição!

Não precisou de gritos, não precisou de palmadas, não precisou de castigos nem de "banquinhos da pausa". Precisou de EDUCAÇÃO! E a mãe deu-lha!

Lição aprendida pequeno?!

A esta mãe, uma salva de palmas! Quando o meu filho for mais crescido, quero ser como a senhora (pelo menos neste aspecto:) )