quinta-feira, 5 de abril de 2018

O bebé nasceu: Como ser uma visita verdadeiramente útil!


O que não faltam por aí são críticas de como as visitas se devem ou não comportar quando vão conhecer um recém-nascido a casa.
E quem diz as visitas a recém-nascido, diz a amiga da grávida ou o familiar da criança… 

Peguei neste post que fiz há uns tempos atrás e decidi alterar de forma a não apontar problemas mas sim dar soluções. Como ser uma visita verdadeiramente útil e agradável ao visitar um recém-nascido.

  • ·         Liga primeiro – Pega no telefone e pergunta se é uma boa altura para fazeres uma visita. Põe a mãe à vontade para dizer que não. Diz-lhe mesmo que não é um problema e podem sempre combinar noutra altura.
  • ·         Não te demores – As visitas a um recém-nascido podem ser curtas. Não precisas de ficar a empatar durante horas. Se notares que a tua presença está a incomodar de alguma forma as rotinas da família, vai-te embora e voltas depois. 
  • ·         Não queiram pegar no bebé ao colo. Isto pode deixar algumas mães desconfortáveis. Se a mãe perguntar se queres pegar muito bem, caso contrário, tens toda uma vida pela frente para pegar no pequeno.
  • ·         Se puderes não leves os teus filhos pequenos – Os miúdos são barulhentos e podem causar alguma confusão na cabeça das recém-mães. Se tiveres alternativa de onde os deixar, não os leves.
  • ·         Limpa-te! – Não visites um bebé a cheirar a café, tabaco ou carregada de perfume. Os bebés são sensíveis aos cheiros e isto pode causar algum desconforto
  • ·         Leva qualquer coisa – Um lanchinho saudável por exemplo. Vitamina a mãe que ela vai agradecer-te! Um cabaz de fruta ou até uns bolinhos poder ser um presente muito mais agradável na hora do que um boneco qualquer para o bebé.
  • ·         Faz umas compras! – Se tiveres confiança com a recém mãe, faz-lhe umas comprinhas para casa. Uns sumos de frutas, pão de forma, fruta, e alguns essenciais vão dar imenso jeito e poupam-lhe uma ida às compras
  • ·         Faz-te útil – Mais uma vez, se tiveres alguma confiança com a mãe, lava a loiça que tiver por lavar, ou apanha-lhe a roupa. A lida da casa pode ser um desafio nos primeiros dias.
  • ·         Não leves a mal – A mãe pode estar com pouca paciência, cansada ou até farta de visitas. Tenta ser compreensiva e não leves a mal, é uma fase difícil
  • ·         Lembra-te – esta é a mais importante. Faz uma retrospectiva e lembra-te de quando foste mãe. O que mais te incomodou? O que te apetecia? Aplica a tua experiência de uma forma positiva!



Sigam-me também no Instagram: https://www.instagram.com/seilaeusermae/

Sem comentários:

Enviar um comentário