segunda-feira, 9 de abril de 2018

#3 Mãe sozinha! – A pagar um dívida que não é minha!


“Sou a “Tânia” a mãe do “João”, actualmente, o meu pequeno homem com 13 anos.

Esta será infelizmente só mais uma história igual a muitas outras, mas é a minha.
Ao fim de uma relação de 13 anos, com muitos altos e baixos, entre eles 3 traições, decidi finalmente dar o passo de tentar ser feliz sozinha.
 As promessas foram feitas, que a vida do “João” teria o menor impacto possível desta nossa decisão.
Mas as promessas foram feitas á mesma velocidade a que foram quebradas: Ao fim de um tempo, a surpresa e as promessas quebraram-se ao ser notificada por correio da insolvência pessoal do pai do “João”.
Perdi a minha casa, e o nosso tecto, perdi o meu carro e ganhei a obrigatoriedade de pagar todas as suas dívidas acabando por me ver obrigada a declarar insolvência também...

Isto traduziu-se numa vida parada em ginásticas para poder cumprir a obrigação financeira que me ficou estipulada pelo tribunal por uma dívida que não era minha!
Foi difícil e sofri muito, mas o pior é que o “João” também sofreu.

De todos os momentos em que seria suposto estar com o Pai, estava com os avós paternos.
É um menino obeso porque tentam compensar a ausência de afetos com fast-food e presentes.
O pai do “João” voltou a casar. A sua nova companheira (e "madrasta" do “João”) impede qualquer comunicação entre os pais.

Isto acaba por exercer uma enorme pressão psicológica em todos os sentidos.

Ainda hoje, o “João” é deixado nos avós e entregue nos avós.
O meu filho tem Facebook, mas apenas para a nova família paterna.
É um miúdo que se queixa de uma diferença muito grande entre ele e a "madrasta".

Mas como nem tudo é negro, existe um lado positivo...
Tenho a sorte de ter o melhor filho do mundo.

É um menino doce, sensível, equilibrado, bom aluno, bom atleta, um amor... o meu amor...
O meu amor que partilha e identifica o certo do errado e corrige os comportamentos dos adultos.
O meu “João” é o meu coração fora do peito.”


(A verdadeira identidade dos intervenientes foi alterada para protecção dos mesmos)

Sigam também o Instagram: https://www.instagram.com/seilaeusermae/

Sem comentários:

Enviar um comentário