terça-feira, 19 de setembro de 2017

Alerta "Cliché"


Se há mundo carregadinho até ao tutano de clichés é o mundo da maternidade… É que parece que todos os dias da nossa vida são clichés.

Olhem só:
  • ·         Cliché do tempo:

Eles crescem tão rápido” – É que não há frase mais batida que esta… E o mais parvo é que todas nós algures no tempo vamos dizê-la e repeti-la, mesmo sabendo que é um cliché, mas é o mais verdadeiro de todos!
  • ·         Cliché do cansaço:

Ele tem tanta energia” – Isto é aquele desabafo de quem sente que não tem pedalada para acompanhá-los… De quem precisa de um descanso, e mais uma das situações pela qual todas passamos algures no tempo.
  • ·         Cliché do desabafo:

Ele gasta-me o nome (mãe) ” – É que este é mesmo daqueles desabafos… Se todas as mães ficam desejosas que eles digam “Mãe” pela primeira vez, num instante essa alegria passa, quando eles chamam por nós 678 vezes por dia!
  • ·         Cliché do “Eu sou diferente!” :

O meu filho, não vai comer porcarias até aos 18 anos” – pois sim querida! Espera até ele ver os outros e começar aos berros a espernear no chão no meio duma festa de anos, que tu vais ser a primeira a deixar que o teu filho seja o único a não lanchar. Fazes muito bem em querer um estilo de vida saudável mas não vais ser tão diferente de todas nós, e mais tarde ou mais cedo, vais cair nas teias do açúcar e das batatas fritas!
  • ·         Cliché do especial:

É que o meu filho é uma criança muito enérgica” – Sim, é! Mas é ele e os outros… Todas as crianças requerem atenção e têm uma fonte de energia inesgotável, mas aparentemente todas achamos que os nossos são um bocadinho mais que os outros, mas não.
  • ·         Cliché da mãe:

A mãe é que sabe”, nós e a mania que somos detentoras da verdade. Ao longo do tempo percebemos que somos umas gandas máquinas e não hesitamos em apregoar, que nós é que sabemos.
  • ·         Cliché da culpa:

Não tenho tempo para nada” – isto é tanto da culpa com da desculpa. Seja desculpa para não ir ao ginásio, ou para acabar este ou aquele projecto Como é pura culpa por termos a casa desarrumada ou mil coisas por fazer. A verdade é que as mães nunca têm tempo para nada.
  • ·         Cliché do palpite:

Não ligues aos palpites” – Este é o mais engraçado. Bem lá no fundo, todas nos ralamos (nem que seja só um bocadinho) com os palpites, todas odiamos palpites e quando damos por nós, todas damos palpites às “novas grávidas”


Clichés… Lembram-se de mais algum?!


Sem comentários:

Enviar um comentário