terça-feira, 17 de outubro de 2017

Coisas de que me orgulho à brava!

Não gosto de me gabar!

No mundo competitivo de mães em que vivemos gabarmo-nos é um jogo perigoso. É porque achamos que somos melhores que as outras. Mas sabem que mais?! Não quero saber disso. Nunca me julguei melhor que ninguém, mas há situações em que o meu instinto e decisões me levaram a atingir objectivos de que orgulho! E como tal tenho também todo o direito de me gabar!
Coisas de que me orgulho à brava!

  • ·         Não ter tomado 1 único medicamento durante a gravidez: Tive a sorte de ter uma gravidez santa. Ao longo dos 9 meses tive apenas uma gripe forte e uma dor ciática. Para ambas foram-me receitados medicamentos, incluindo antibiótico. Não quis. Tentei dar uma oportunidade à calma. Com descanso, e mesinhas caseiras consegui superar estas duas condições sem medicação. Foi um esforço. Esforcei-me mesmo muito, e consegui.

  • ·         Ele nunca tomou um antibiótico – Mais uma vez, nem tudo dependeu de mim. Mas ainda assim, deixei de ir a muitos sítios. Não fui a centros comercias nos primeiros meses. Não saímos muito em dias de chuva. Agasalhei-o bem em dias de frio, e tratei de início constipações com soro, vapores, paciência e muitas horas da noite acordada. Quero acreditar que a forma como o protegi teve a sua influência. Claro que nenhuma mãe expõe o seu filho consciente de que ficará doente. Mas eu privei-me mesmo de várias situações com medo que ficasse doente. E acho que tive alguma influência nisso.

  • ·         Sei manter a calma em caso de doença ou queda – Nunca pensei! Eu sempre fui uma stressada do pior, nunca pensei que fosse conseguir manter o discernimento em caso de aflição. E afinal sou! Não sei porquê, mas mantenho-me calma e objectiva. E ainda que seja de forma inconsciente, orgulho-me disso à brava.

  • ·         Conheço catrafadas de Quintas pedagógicas – Eu que era a típica Tuga que adorava centros comerciais, fiz questão de lhe mostrar a natureza. Descobri, fui e vejam bem que até gostei de de Quintas Pedagógicas e conquistei assim passeios de fim-de-semana muito mais saudáveis para toda a família!

  • ·         Levei-o a várias peças de teatro antes dos 2 anos – A primeira vez que fui ao teatro foi com a escola já no secundário. Enquanto ele não escolhe, quero apresentar-lhe um leque variado de actividades e gostos. Variamos tanto quanto possível para que daqui a uns tempos, ele já saiba dizer-me quais gosta mais.

  • ·         Ele nunca comeu chocolate – Tive a sorte (que nem é bem sorte) de ele ser um esquisito de primeira. Quem quiser pode comer seja o que for na frente dele que ele não pede. Não tem curiosidade alimentar. Assim, nunca lhe ofereci chocolate. Enquanto puder adiar assim farei. Quando ele provar, se gostar, arranjaremos uma forma equilibrada e saudável de dosear, mas por enquanto nem preciso de me preocupar com isso e é um descanso!

  • ·         Nunca temos birras para dormir – Nem de noite nem à tarde – Sempre fui muito rigorosa com as rotinas do sono. E como tal, nos dias que correm, basta-me dizer “Vamos dormir” que ele vai sozinho para a cama (mas eu depois tenho que ir para ao pé dele). Mais uma vez acredito que seja fruto das rotinas que criei, e para as quais privei-me muitas vezes de muitas coisas. Agora é hora de colher os frutos.


Porque nós mães, esforçamo-nos para darmos o nosso melhor e fazer o que achamos mais correcto e também merecemos o mérito. Todos os dias fazemos esforços e sacrifícios... Somos mães babadas e orgulhosas, temos todo o direito de nos gabar. Quando é que perdemos o direito a isso?!?!  Sim... Eu esforço-me diariamente e tenho um filho que me faz rebentar de orgulho! Eu quero gabar-me!


Hoje não quero saber de críticas, só quero ouvir gabarolas! Digam-me que coisas fizeram/optaram/decidiram e que agora vos orgulha à brava!?


1 comentário:

  1. Eu só nunca gabo nada porque no dia a seguir arrependo-me. :-P Às vezes basta apenas pensar. :-P
    E também, como disse, dependem das crianças. Às vezes usa-se a mesma "técnica" com duas crianças e com uma resultou e com a outra não. :-)

    ResponderEliminar